Buscar

ESSES ERROS PODEM SER FATAIS PARA SUA OBRA!

Todo mundo sabe que obra não é brincadeira e envolve muito mais coisas do que apenas “empilhar tijolos”.


No entanto, muitas pessoas na hora de construir acabam ignorando ou deixando de lado alguns pontos fundamentais para o bom andamento da obra.


Nesse artigo iremos passar algumas dicas que podem ajudar você a não cometer esses erros.

1 ) Projeto arquitetônico em primeiro lugar.

É esse projeto que irá começar a transformar sua casa em realidade e dizer como utilizar o melhor aproveitamento do seu terreno, também é esse projeto que dará origem aos projetos complementares.


2 ) Fechar com a empresa de engenharia/construtora que irá executar a sua obra.

Ter a parte técnica responsável pela sua obra desde o início do seu planejamento pode evitar muitos problemas para você no futuro.


Inclusive, se possível inclua a parte de engenharia já na etapa de projetos, com o know-how dessa empresa e se tratando da parte prática da execução de obra, ela poderá contribuir muito com as soluções de projetos visando o custo e benefício.

3 ) Não fechar com Empreiteiro/Mão de obra sem ter o projeto e sem consultar a engenharia.

O mais indicado é deixar que a engenharia contrate a mão de obra, empreiteiros e fornecedores para sua obra, visto que eles vivenciam isso diariamente, sabem como negociar, cobrar e teriam mais controle sobre o cronograma e execução dos serviços.


Mas caso você queira negociar a mão de obra de forma particular, se atente as dicas abaixo:


- Ter o projeto em mãos na hora de negociar a sua obra é fundamental para evitar os famosos aditivos de contrato.


- Envolver a engenharia na negociação da mão de obra é importante pois, eles podem te indicar bons contato que trabalham corretamente e que prestem um serviço de qualidade


- Com a mão de obra também é importante estabelecer e deixar claro a hierarquia e as responsabilidades de cada um dentro do canteiro de obra.


4 ) Não comece sua obra sem ter todo planejamento definido

É muito comum ver as pessoas empolgadas e até um pouco ansiosas para começar e terminar a obra muito rapidamente, mas as vezes esquecem que o planejamento é a peça fundamental para que a execução ocorra da forma mais tranquila possível.


Aproveite o prazo de aprovação do alvará de construção e das demais tramitações para planejar sua obra.


Planejamento de prazo: Esse é o tempo em que você planeja o tempo de execução da sua obra, o cronograma de obra, nele consta todas as etapas e prazo previsto para execução de cada uma dessas etapas. É importante mencionar que o cronograma de obra está diretamente ligado ao custo final da sua obra e também a forma como você negociará a mão de obra / empreiteiros / fornecedores e também a engenharia/construtora. Afinal quanto maior o prazo maiores são os custos administrativos desses.


Planejamento financeiro: É muito importante ter uma estimativa de quanto irá gastar em sua obra, para um orçamento assertivo é necessário ter todos os projetos e os respectivos memoriais descritivos antes de começar a obra, assim você evitará surpresas financeiras durante a execução da sua obra. Também é importante definir como serão feitas os orçamentos e as compras para que não falte material e implique em atraso no cronograma.


Suas finanças pessoais também precisam estar organizadas e planejadas para não implicarem em problemas de cronograma, compras e suprimentos, elevando assim o custo final da sua obra.



5 ) Não olhe somente para o financeiro

Todos buscam o melhor pelo menor preço, mas nem sempre isso é possível.


Dessa forma é bom entender quem nem sempre o melhor custo hoje terá o maior benefício a longo prazo. Se tratando de obra envolva sempre a equipe de engenharia na hora de tomar uma decisão técnica que implique em custo, qualidade e segurança da sua obra.

6 ) Não valorizar a engenharia

Infelizmente muitas pessoas não sabem valorizar a engenharia, preferem ouvir pessoas que não lidam com a prática do que aqueles que estão no canteiro de obra diariamente.


O corpo técnico de engenharia tem capacidade para informar e opinar sobre os quesitos técnicos, executivos, normas e seguranças, e assim te municiar das informações que você precisa para tomar a melhor decisão. Dessa forma consulte e peça orientação da equipe de engenharia nos assuntos que impactem na execução da sua obra.



7 ) Esteja sempre em dia com suas junto aos órgãos públicos

Estar em dia com as licenças, documentações e demais exigências de órgãos públicos relacionados a execução da obra é sempre bom para evitar problemas futuros como por exemplo embrago de obra ou multas.


Outro exemplo é que em caso de interdição total ou parcial da rua/avenida ter a liberação e autorização do órgão de trânsito é obrigatória. Então é importante você saber disso ou que sua equipe de engenharia saiba.


Também busque se informar sobre toda tramitação, guias e taxas e demais obrigações que você deve fazer ao final da sua obra para ter o habite-se.


8 ) Atenção ao descarte de materiais e entulhos

Fazer o descarte correto de materiais pode te livrar de um grande passivo ambiental, consulte a maneira correta de fazer isso em caso de você ser responsável dessa função ou exija que a engenharia/construtora faça isso da maneira correta.

Essas foram algumas dicas que podem ajudar a você ter uma execução de obra mais tranquila e sem muitos imprevistos, no entanto existem muitas outras variáveis que podem acontecer durante sua obra.


Esperamos que ajudem vocês!

E para estar sempre resguardado(a) entre em contato conosco e conte com a nossa parceria para sua obra!

13 visualizações